Tour de Circuitos Reais #1 – LIVE (GT Sport)

Já em direção ao final da Liga Amadora do Gran Turismo Sport, chegamos no Tour de Circuitos Reais direcionado a carros de rua abaixo dos 400cv. Provavelmente este é um dos eventos mais legais presentes na Liga GT por ser justamente em pistas que existem de verdade somado ao fato de ter uma gama de carros disponíveis muito interessante.

E essa live foi um pouco disso, do pequeno Roadster TC, passando pelo arisco Porsche 911 Turbo de 1981 e a majestosa Ferrari 288 GTO ’84 até a enorme Toyota Tundra. Há espaço para todos eles neste evento.

Primeira prova no circuito mais rápido do oeste americano a bordo do Porsche 911 Turbo (930). Carro arredio, mas muito bom, sofri mais com a agressividade da IA que com o carro. Segunda rodada em Willlow Springs foi a bordo da improvável, mas devidamente ajustada (porque eu não acreditava que daria certo de primeira), Toyota Tundra. TRD com alívio máximo de peso, a Tundra começou literalmente brincando com os demais e quando tudo parecia simples pra ela vencer fomos surpreendidos por um Pantera ’71 que resolveu correr nas últimas duas voltas resultando na pressão de fazer tudo certinho e ter um final até que emocionante.

Segunda prova de pista real, deixamos os Estados Unidos e chegamos a Europa, devidamente posicionados em Red Bull Ring! A pista Spielberg tem sido um local onde conseguimos sempre bons resultados nessas lives recentes, e a bordo da Ferrari 288 GTO ’84 não poderia ser diferente. E isso que a deixamos stock, tal qual recebemos as chaves dela, nem mesmo pneu foi trocado, mesmo assim ela passeou em RBR.

Última etapa é de onde eu havia sofrido alguma derrota em algum momento, mas eu mesmo já nem me lembro mais quando foi ou a bordo de qual carro. Fuji Speedway e o carro usado foi o recentemente adicionado Mazda Roadster Touring Car, o pequeno Miata TC! O peso era mínimo, mas resolvi calçar ele melhor e dar o máximo de potência para ganhar tempo em retomadas e ter chances na longa reta. A delicada decisão de fazer isso salvou a corrida, porque havia uma BMW M4 que na longa reta simplesmente não tinha como pegar, mesmo no vácuo… nas curvas, porém, a história era diferente.

E isso foi a primeira parte. Semana que vem, QUARTA, 20h, fechamos o Tour. Depois disso, a coisa começa a apertar!

BÔNUS: A luz seletiva e sem limites do GT Sport a noite.

OBRIGADO ESPECIAL aos amigos que acompanharam e interagiram nessa LIVE do canal:
Ramirez, Wellington, M. Roger, Lívio Siqueira, 1000 K, Paulo Silva, Wilison, W LMS, Showork e todos que assistirem. 😀